Publicidade

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Sobre o tempo e não existir.

É.
Realmente o tempo voa.
A verdade é que ele não tem piedade de você, seja você jovem, criança, adulto ou idoso.
Tempo, idade...
Não importa quantas primaveras já vivestes, o fato é que você nunca vai estar satisfeito consigo mesmo.
Terá momentos em que desejará ser mais jovem, da mesma forma que havera instantes em que baterá uma insegurança dentro do seu coração, que fará você querer ser mais velho.

Juventude...

O que és tu se não um intervalo entre a infancia e a velhice?

A vida é uma mistura de lembranças com planos, na qual você nunca saberá se vai ter tempo suficiente para lembrar, realizar e cumprir.

Tempo, saudade, lembrar e ser esquecido...
Já se perguntou de quantas pessoas você se lembra?
Então, será que elas lembram de você tambem?
Perguntas, respostas...

Para não cair no esquecimento e na decepção a solução é viver intensamente cada segundo da sua vida, de forma que a sua paixão e dedicação por ela seja notada e admirada.

Com certeza isso fará você ser alguém inesquecivel.

O tempo é um velho barbudo com a pele bonita, não existe...

O que existe são os momentos. Viva-os!
Cada sorriso que você der irá te rejuvenescer, um coração feliz jamais ficará velho.
Corações tristes morrem cedo...

A receita para viver muito está dentro de você e te garanto que se tu fosse imortal, você não seria feliz.

Até as estrelas um dia deixaram de brilhar.
Mas não serão lembradas só pelo brilho, mas também pela sua magia.
Viver é aprender.
É errar, é acertar e fazer tudo de novo.
E nada vale mais do que um sorriso sincero.
Percebe isso?

Um comentário:

  1. Olá Eliene!
    O tempo é curto, os dias são passageiros e a vida é breve! (sorrio)
    Tenha um excelente final de semana!
    Abraço do blogueiro navegante.

    Quero lhe convidar para que leia ‘Eu, o técnico em informática, e a funkeira’ no http://jefhcardoso.blogspot.com/

    “Que a escrita me sirva como arma contra o silêncio em vida, pois terei a morte inteira para silenciar um dia” (Jefhcardoso)

    ResponderExcluir